fbpx

Evento on-line e almoço de negócios em Canoas. “O impacto das eleições americanas nos seus negócios”.

Na próxima terça-feira, dia 27.10 às 12h, em parceria com a CICS (Câmara da Industria, Comércio e Serviços) de Canoas. Nosso sócio Adriano Cantreva, direto de Nova Iorque, estará (on-line) com empresários da região, associados e convidados da CICS, conversando sobre os impactos das eleições americanas nos mercados financeiros globais. Não perca!

Site do evento: www.pmfo.com.br/cics

Resumo de Imprensa | 19.10

Confira as principais notícias com a nossa marca e especialistas nos últimos dias.

Os planos ambiciosos da Portofino para o IPO
https://exame.com/mercados/os-planos-ambiciosos-da-portofino-para-o-ipo/

Dólar tem maior alta para setembro em 5 anos em mês marcado por temor fiscal; moeda sobe 40% em 2020
https://br.reuters.com/article/topNews/idBRKBN26L3MN-OBRTP

Dólar ronda estabilidade depois de intenso vaivém com noticiário fiscal
https://lta.reuters.com/article/dolar-abre-idLTAKBN26S1YF

Mercado Aguarda Pacote de Estímulos nos EUA – Entrevista ao Vivo com Adriano Cantreva
https://www.youtube.com/watch?v=7qyQfoDuDM4&t=4827s

Sucessão e muito mais: como Investir pensando nos filhos
https://spacemoney.com.br/dia-das-criancas-como-investir-pensando-nos-filhos/

Títulos do Tesouro Direto estão pagando juros maiores: vale a pena comprar?
https://www.cnnbrasil.com.br/business/2020/10/16/titulos-do-tesouro-direto-estao-pagando-juros-maiores-vale-a-pena-comprar

Ações dos bancos americanos na bolsa estão travadas
https://veja.abril.com.br/economia/acoes-dos-bancos-americanos-na-bolsa-estao-travadas/

Dólar fecha em queda, a R$ 5,23, após BC americano manter taxa de juros próximo a zero
https://oglobo.globo.com/economia/dolar-fecha-em-queda-r-523-apos-bc-americano-manter-taxa-de-juros-proximo-zero-24642565

Resumo de Imprensa | 25.09

Um resumo com as principais notícias da semana sobre o mercado, a visão dos nossos especialistas e nossa marca.

PORTOFINO MULTI FAMILY OFFICE
Esta foi uma semana muito especial, pois lançamos a nossa nova marca: Portofino Multi Family Office.

Mais que Investimentos, somos transparência, planejamento, relacionamento, customização. Somos uma família cuidando dos patrimônios de outras famílias como se fossem nossos! Pra gente, o que de fato importa é sempre fazer a coisa certa para você, nosso cliente e todas as famílias e empresas que confiam em nosso trabalho. A marca muda, mas potencializaremos os nossos valores para oferecer o melhor para você: ética, transparência, responsabilidade e resultados.

Clique aqui para conferir o nosso vídeo institucional e logo abaixo, algumas das principais matérias divulgadas durante a semana.

PORTOFINO MARCA ALTA DE 50% EM ATIVOS SOB GESTÃO E LANÇA NOVA MARCA
Último Instante (25.09)

PORTOFINO INVESTIMENTOS VIRA PORTOFINO MULTI FAMILY OFFICE E MIRA IPO
E-Investidor / O Estado de São Paulo (23.09)

DÓLAR RECUA E BOLSA SOBE EM MEIO A CENÁRIO INTERNACIONAL MENOS TENSO
Valor Econômico (25.09 às 05h01)

IBOVESPA SOBE COM EXTERIOR E POSIÇÃO DO BC SOBRE INFLAÇÃO
Valor Econômico (24.09 às 17h47)

IBOVESPA OPERA EM ALTA E MOVIMENTO DE AJUSTE
Valor Econômico (24.09)

MERCADOS PASSAM POR CORREÇÃO, BOLSA SOBE E DÓLAR CAI
Agência CMA (24.09)

DÓLAR FECHA EM QUEDA APÓS TER SUPERADO R$ 5,60 E BOLSA
O GLOBO (24.09)

‘A inflação pode ser um problema lá na frente’

‘A inflação pode ser um problema lá na frente’

A epidemia da co­vid-19 pegou de surpresa os mercados e fez bolsas de va­lo­res mergulharem fundo no primeiro trimestre do ano. O in­di­ca­dor brasileiro, Ibo­ves­pa, chegou a cair 30% só no mês de março. Já o S&P 500, que reúne as principais empresas norte-ame­ri­ca­nas, caiu 12,51% no período.

O de­ses­pe­ro foi to­tal, mas pa­ra Adri­a­no Can­tre­va, só­cio da ges­to­ra de re­cur­sos Por­to­fi­no, a cri­se abriu es­pa­ço pa­ra re­ba­lan­ce­ar car­tei­ras e ir às com­pras de ati­vos es­tran­gei­ros e na­ci­o­nais de ren­da va­riá­vel. “Es­ses mo­men­tos mos­tram co­mo é im­por­tan­te ter um pla­no de lon­go pra­zo”, diz.

Can­tre­va tem mais de 30 anos de ex­pe­ri­ên­cia no mer­ca­do fi­nan­cei­ro. Ele foi um dos fun­da­do­res da XP Se­cu­ri­ti­es e da Thinq Ca­pi­tal LCC, nos Es­ta­dos Uni­dos. Há dois anos tor­nou-se só­cio da Por­to­fi­no, ges­to­ra in­de­pen­den­te de re­cur­sos que tem co­mo pú­bli­co-al­vo fa­mí­li­as com pa­trimô­nio aci­ma de R$ 1 mi­lhão. O in­ves­ti­men­to no ex­te­ri­or es­tá no DNA da ca­sa, que pos­sui atu­al­men­te cer­ca de R$ 4,7 bi­lhões em ati­vos sob ges­tão.

Para ler a reportagem completa, clique aqui.

Dólar fecha em alta antes de feriado e vale R$ 4,94

O dólar fechou em alta contra o real nesta quarta-feira (10), descolado das operações nos mercados externos, conforme investidores assumiram posição mais defensiva antes de feriado no Brasil e após o Banco Central dos Estados Unidos manter sua política monetária.

Na sessão, a moeda norte-americana O dólar à vista encerrou em alta de 1,05%, após cair a R$ 4,8395 (-1%) na mínima do dia, logo após a abertura, mas na sequência passou a ganhar tração até subir.

Após o anúncio da decisão de política monetária pelo Federal Reserve, o banco central dos EUA, a cotação voltou a cair, mas rapidamente recobrou forças até bater a máxima da sessão, de R$ 4,9623 (+1,51%). Houve alguma realização de lucros posteriormente, mas nada que impedisse o fechamento em alta.

“O mercado está tirando o pé do acelerador. A recuperação [dos ativos] no Brasil foi muito forte, muito rápida”, disse Adriano Cantreva, sócio da Portofino. “Os preços estão esticados em relação ao fundamental, e no Brasil ainda mais”, completou.

Para ler a reportagem completa, com a participação de nosso sócio Adriano Cantreva, clique aqui.